sábado, 17 de outubro de 2009

OLHA A TAREFA DO ENCONTRO SEIS!

VAMOS COMENTAR!
Quantas vezes nos reunimos presencialmente para trocar idéias a respeito de um tema que nos inquieta! Você já esta acostumada a participar desse tipo de discussão, seja na vida cotidiana, seja na vida escolar.
Você acredita que se pode fazer o mesmo através da rede de computadores?
Será que muda alguma coisa nesse processo quando se debate e conversa com outras pessoas pelo computador?
Seria possível realizar algum projeto e trabalhar com os alunos essas formas de comunicação? Quais?

vídeo do sexto encontro - legendado

video

sábado, 10 de outubro de 2009

SUGESTÃO DA CURSISTA MARINALVA DOS SANTOS MATHEUS

Dicas para uso do Google

Rodrigo Santaliestra

O Google é um dos sites de pesquisa mais procurados da Internet. E não está limitado à simples busca na caixinha de texto. Muitos comandos podem ser inseridos para filtrar o resultado de uma busca. Veja algumas dicas:


· Para buscar um termo dentro de um site: use o comando site:endereço do site (espaço) termo.
Exemplo: site:educarede.org.br português
O resultado traz todas as páginas do EducaRede que contêm a palavra "português".


· Quais sites em toda a Internet disponibilizam link para um site de seu interesse?
Exemplo: para saber quais sites oferecem um link para o portal EducaRede, digite no campo de busca:

link:www.educarede.org.br


· Como procurar textos em sites de um determinado país?
Exemplo: para encontrar textos sobre "feng shui" em sites japoneses, digite o termo entre aspas, dê um espaço, escreva o parâmetro inurl:com e, por fim, o protocolo do país, no caso "jp":

"feng shui" inurl:com.jp


· Calculadora: se precisar fazer conta rapidamente, digite a operação diretamente na caixa de busca.
Exemplo: 4000/2-10+35

Veja lista resumida em http://www.google.com/help/calculator.html


· Conversões de unidades e medidas: digite dentro da caixa de busca a sigla do que você quer converter, dê espaço, escreva a palavra in, e, por fim, a unidade ou medida desejada.
Exemplos: 1kg in g
5m in cm
500ml in l


Visite a página http://www.google.com/options/ para conhecer toda a família de serviços do Google. Tem tradutor de texto, busca de imagem, de notícias, etc.

Minha sugestão é que vocês instalem a barra do Google no navegador que usa normalmente. Acessem o endereço http://toolbar.google.com/intl/pt-BR/ e façam o download.

sábado, 3 de outubro de 2009

CONTRIBUIÇÃO

Essa frase foi trazida pela cursista Claúdia Piccolli, em um dos encontros e gostaríamos de compartilhar com o grupo.

“O homem moderno toma a automatização como certa: a ignição de um automóvel, um elevador, as luzes elétricas, os computadores. Mas sua vida não depende de um toque num interruptor. Requer inteligência e força de vontade. A felicidade é algo em que as pessoas tem que trabalhar dia após dia” La Rioja, Logrño Seleções - Nov/1994
Worm em seu computador
Recentemente, ganharam destaque no mundo da informática os worms (vermes), capazes de se replicarem rapidamente via Internet. Os worms conseguem fazer isso enviando cópias de si mesmo de computador em computador.
O que o distingue de um vírus, é que o worm não necessita ser executado para se propagar. Sua propagação acontece pela exploração de fraquezas na segurança do computador.
As origens dos vários vírus e worms de computador são difíceis de saber. O que se sabe, realmente, é que eles não são a única preocupação do usuário.
Outro tipo de ataque comum é o de cavalos de tróia (trojan horse). É um programa, normalmente recebido como um presente (por exemplo, cartão virtual, álbum de fotos, protetor de tela, jogo etc.), que além de executar funções para as quais foi aparentemente projetado, também executa outras tarefas, normalmente nocivas e sem o conhecimento do usuário.
Uma nova forma de vírus é classificada como malware. O termo é usado para definir programas nocivos que rodam sem a autorização do usuário e prejudicam o sistema.
Eles contaminam o computador quando não utilizamos a Internet com as medidas de segurança necessárias, ou seja, quando fazemos mau uso da Internet. Quando isto acontece, todas as operações são registradas e enviadas para o espião, que pode até roubar senhas de banco, de cartões de crédito e de outras informações confidenciais.
Os malwares mais discutidos no momento são: spywares, adwares, hijackeres e keylogger. Como se proteger dessas e das outras ameaças ao seu computador que você viu nesta aula? É o que você vai aprender em seguida!
Para se proteger dessas ameaças, a primeira atitude é de atenção às alterações no funcionamento de sua máquina (computador). Se qualquer coisa estranha estiver acontecendo (computador travando, abrindo páginas que você não pediu, não imprimindo etc.), isso pode ser um indício de contaminação. Para evitar esses males, principalmente na plataforma Windows, a atitude mais eficiente é o uso e a atualização
constante de programas de defesa, como os antivírus, anti-spyware, etc.
NAVEGAÇÃO, PESQUISA NA INTERNET E SEGURANÇA NA REDE

Nesta unidade vamos navegar pela rede mundial de computadores. A Internet é uma rede de comunicação de milhões de computadores conectados, que oferece inúmeros serviços. São bilhões de páginas publicadas sobre os mais variados temas, organizadas em websites.
Introdução
Estamos cada vez mais rodeados de artefatos, objetos, bens e símbolos que remetem à tecnologia. Os meios de comunicação constantemente divulgam produtos e serviços tecnológicos para facilitar o cotidiano das pessoas, tornando a vida mais confortável, mais rápida, mais eficiente, mais ágil. Vivemos na era da tecnologia da informação, também conhecida como sociedade do conhecimento.
A história da tecnologia tem início quando os seres humanos começaram a criar e usar ferramentas de caça e de proteção. Inclui, em sua cronologia, o uso dos recursos naturais, porque, para serem criadas, todas as ferramentas necessitaram, antes de qualquer coisa, do uso de um recurso natural adequado. Deste ponto de vista, a tecnologia está presente tanto numa enxada quanto num computador.
A Internet funciona como um oceano pelo qual a informação contida em texto, som e imagem pode ser navegada, ou melhor, acessada em qualquer computador conectado a essa rede. É por essa razão que dizemos que navegamos na Internet.
A Internet é, de uma vez e ao mesmo tempo, um mecanismo de disseminação da informação e divulgação mundial e um meio para colaboração e interação entre indivíduos mediada por computadores, independentemente de sua localização geográfica.

Navegar na Internet é como andar por uma cidade. Os nomes das ruas e os números das residências das cidades são organizados para facilitar a localização dos endereços.
Cada página (site) também tem seu endereço. Veja um exemplo: http://www.mec.gov.br
http – é o protocolo de identificação e transferência de documentos na Internet;
www – significa que o endereço está na World Wide Web;
mec – é o domínio (nome registrado) do site;
gov — é o código para sites de instituições governamentais;
br – é o código para sites registrados no Brasil.
OBS.: Os Estados Unidos organizaram a Internet. Por isso é o único país que não usa sigla identificadora em seus sites e endereços eletrônicos.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009